Geronimo Theml

UOL – Precisa de motivação? Veja as dicas práticas do mestre dos coaches Geronimo Theml

Por: Assessoria de Imprensa

Por Bru Fioreti, do UOL

Você está no leito de morte e cinco pessoas vão entrar para falar com você e te parabenizar por você ter cumprido sua missão na Terra. Quem são essas cinco pessoas? O que te dizem? Como você se sente? Com essa visualização, o coach Geronimo Theml — famoso mentor de coaches nas redes sociais e expert em produtividade — tirou lágrimas da maioria das 1.500 pessoas presentes no seu evento Wide Awake, misto de imersão motivacional com coaching em grupo realizado em São Paulo no último fim de semana.

Eu estava lá. E chorei (antes de me julgar, experimente pensar nisso em silêncio, com a luz baixa e uma condução de voz emocionada para você ver se não se cai uma lagriminha também…).

Entendo que essa e outras experiências só fazem sentido in loco, como parte da entrega, da catarse coletiva que contribui para que os exercícios propostos toquem mais profundamente. No Wide Awake, Geronimo usa e abusa das técnicas de motivação — de dança a grito de guerra, tudo é pensado para te deixar no melhor estado u-hú possível! Rola Bon Jovi e até Hino Nacional. E funciona, motiva, tem um porquê.

Acontece que o mais precioso é o que você leva de motivação para a sua casa, o que volta com você e pode ser aplicado inclusive nos dias cinzentos. E é sobre esses insights que tirei do evento eu queria falar aqui. O mesmo coach mestre na arte de te fazer tirar o pé no chão, trouxe técnicas aparentemente simples, porém embasadas e valiosas, que podem ser aplicadas no silêncio do seu quarto.

As que mais gostei, e testei, são as que descrevo abaixo. Motivação, embora não pareça à primeira vista, também pode vir destas práticas:

 

Adote um hábito angular, que vai te impulsionar a melhorar os demais sem perceber

Hábitos bons motivam outros hábitos bons. Pense naquele hábito pequeno, aparentemente despretensioso e de fácil aplicação diária, mas que tem a possibilidade de impulsionar uma série de outros hábitos positivos. É um desses que você precisa começar a aplicar.

Geronimo Theml dá o exemplo de se pesar todo dia, que pode servir como forma de controlar a alimentação e retomar os exercícios físicos. Vale caminhada de 20 minutos toda manhã, que pode te levar a acordar mais cedo ou fazer mais exercícios; vale adotar o hábito de ler um capítulo de livro por dia para abandonar a televisão e o videogame; vale tomar suco verde toda manhã como forma de impulsionar um dia saudável.

Pense num que sirva para você e comece pequeno. O importante aqui é que seja possível na sua realidade hoje. Depois é frequência e perseverança — atitudes levam em média 66 dias para se tornarem hábitos, lembra?

 

Detecte se está na zona de plenitude ou na mediocridade e viva com friozinho na barriga

A falta de motivação decorre, em geral, da falta de propósito. Se você não descobriu o que te faz agir, levantar da cama todo dia e ir trabalhar, é mais difícil ter pique. Ok, então que pelo menos a gente saiba detectar em que estágio está, para depois procurar o tal do propósito.

Pensando assim, Geronimo explica a lógica do que chama de zona da mediocridade — segundo ele, morna. Já a zona de plenitude é quente ou fria, inclui propósito, desafio e, portanto, um certo grau de desconforto. Como saber se você está nela? “Basta avaliar se está sentindo medo”, diz o coach. Entenda-se medo aqui como frio na barriga, insegurança com a possibilidade de falhar – nada a ver com pânico ou depressão. A graça de viver na zona da plenitude, segundo ele, é estar conectado aos seus objetivos e com o nível de motivação alto. Para se manter lá, é preciso traçar objetivos desafiadores (com prazo, claro) e se lembrar deles todo dia.

Como disse, eu testo isso na minha vida e posso dizer que se fazer essa pergunta todo dia ajuda a sair da zona de conforto. Que meta você pode se colocar para sentir aquele tesão para ir trabalhar?

 

Tenha um plano B na manga até para os momentos de desânimo

Porque não há motivação com humor ruim, desânimo, depressão. Planejar uma opção para tudo aquilo que pode sair errado: a dica serve para aplacar a ansiedade e acalmar os ânimos em situações de tensão, mas também para manter o humor no dia a dia. A regra é usar a frase “se acontecer isso…, então eu farei aquilo…”, que aumenta a sensação de estar no controle e, ah, como a gente adora isso!

Uma das ideias de que mais gostei do evento foi a de criar um “ponto de incongruência positiva” quando o desânimo bate. É como um antídoto, que manda sinais para o seu cérebro de que você quer mudar de mood. Pode ser ouvir uma playlist especialmente pensada para animar, corrigir a postura de propósito por alguns minutos, falar alto e rapidamente (Geronimo diz que usa essa opção)…

O que importa é escolher sua ação imediata quando detectar que o desânimo está se instalando.

 

Aceite a responsabilidade pelo que precisa mudar e arregace as mangas todo dia

“Não é a vida que faz isso comigo. Sou eu que faço isso com a vida.” A máxima, repetida à exaustão no Wide Awake, traz em si o conceito de autorresponsabilidade, queridinho dos coaches (inclusive eu). É sobre pensar em si como autor da sua vida, como a única pessoa que pode mudar os rumos do que não vai bem — essa ideia pode parecer um peso a princípio, mas é uma das chaves para a motivação.

Para elucidar o conceito, Geronimo fala sobre o chamado “Ciclo de Realidade”, a lógica de que vemos as coisas de uma determinada maneira e acabamos criando a nossa realidade para provar isso. É mais que a força do pensamento, é a força do que sentimos e passamos a aceitar como verdade. Como trazer a ideia para o dia a dia? Ressignificando os acontecimentos, tentando ter consciência de como pensamos e nos sentimos sobre a área da sua vida que gostaríamos de mudar, para início de conversa.

Uma atitude negativa geralmente decorre de um pensamento distorcido. Contra isso, a própria técnica da incongruência positiva pode ajudar, porque vai te motivar a encarar as mesmas situações sob novas óticas. E daí nasce a automotivação.

 

Reportagem publicada originalmente no site UOL: https://brufioreti.blogosfera.uol.com.br/2017/07/06/precisa-de-motivacao-veja-as-dicas-praticas-do-mestre-dos-coaches-geronimo-theml/

Entre em contato
Treinamentos Academia da Produtividade Profissão Coach Ferramentas de Coach
Ipad

Coloque seu e-mail ao lado para receber gratuitamente um PDF com os 10 Livros que mais fizeram diferença na vida do Geronimo.

Baixe o PDF com os 10 Livros que Mais Impactaram a Vida do Geronimo